segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Q

Quasar Fonte de emissão de rádio semelhante a uma estrela. O nome quasar é uma versão moderna de Objetos Quase-Siderais Aproximadamente 200 quasares já foram identificados. Em 1963, os astrônomos descobriram poderosas fontes de energia que provinham de estrelas que pareciam comuns. Quando os espectros dos quasares foram analisados utilizando-se recursos ópticos, foram descobertas estranhas linhas de absorção. Maarten Schmitt percebeu que estas "estrelas de rádio" emitem a maior parte desta energia na forma de luz visível, que vai se transformando de luz avermelhada em ondas de rádio (Veja o Efeito de Doppler). Grandes luzes avermelhadas implicam em enormes movimentos para longe da Terra, e, aplicando a lei de Hubble, pode-se calcular que os quasares se localizam a bilhões de anos-luz de distância, muito distantes das estrelas comuns. Os astrônomos concluíram que se os quasares estão tão distantes e brilham com tal intensidade, eles devem produzir enormes quantidades de energia. Um quasar típico irradia uma quantidade de energia equivalente à de 100 galáxias. Além disso, como sua luminosidade se altera num período de poucas horas, eles devem ser tão grandes quanto nosso Sistema Solar. Os astrônomos discutem estas observações, tentando descobrir que mecanismo poderia fornecer um dínamo. Atualmente eles acreditam que os quasares sejam os núcleos de galáxias novas que irradiavam quantidades incríveis de energia quando o Universo era novo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário