sábado, 20 de setembro de 2014

                   O que é o vento solar?

Nada menos que 1 milhão de toneladas de matéria que o Sol ejeta a cada segundo! Ela é formada pelos elétrons e núcleos de átomos de elementos abundantes na estrela, como hidrogênio e hélio. Acelerados pelo calor solar, eles escapam do seu campo gravitacional. "Esse turbilhão tem um campo magnético próprio que interage com o da Terra e, assim, acaba afetando o nosso planeta", diz o astrônomo Enos Picazzio, da USP. Durante as explosões solares - quando partes da estrela emitem mais radiação que o normal -, o fenômeno pode interromper sinais de rádio e confundir o vôo de aves que se orientam pelo campo magnético terrestre. Outras manifestações dessa força são as auroras austral e boreal - belos arcos de luz que se formam no céu das regiões polares (imagem acelerada abaixo) - e a porção brilhante do rabo dos cometas. O vento solar, por fim, percorre uma distância igual a 20 vezes a que separa a Terra do Sol. Depois, esfria e dissipa-se entre as estrelas.
É uma brasa, mora!

Calor do Sol solta matéria no espaço

Estimada em 1 milhão de graus Celsius, a temperatura da superfície do Sol é tão quente que faz as partículas escaparem do seu campo gravitacional. Assim se forma o vento solar

Um comentário: